Monitoramento dos indiretos: A revolução do paradigma da produção pecuária da Amazônia

“Eu sou filho e neto de pecuarista. Meu avô desmatou Mata Atlântica e meu pai a floreta amazônica. E eu tenho o maior orgulho deles, só que eles fizeram isso na época deles, não cabe a mim dar continuidade a esse processo da mesma maneira. Cabe a mim melhorar”. A fala que abre o vídeo divulgado essa semana pela organização Amigos da Terra – Amazônia Brasileira é do produtor e pecuarista Mauro Lucio, dono da fazenda Fazenda Marupiara, que busca engajar outros produtores na produção da pecuária sustentável.

Ainda apontada como principal vetor do desmatamento da Amazônia, a pecuária no Brasil carece de engajamento de toda a cadeia produtiva para que toda sua cadeia seja monitorada e dessa forma chegue aos supermercados livre de desmatamento, trabalho escravo, conflitos com povos tradicionais e destruição de unidades de conservação.

Assista ao vídeo:

Diante de denuncias feitas por organizações ambientais, em 2009 frigoríficos assinaram junto ao Ministério Público Federal o chamado TAC da Carne, um Termo de Ajustamento de Conduta que utiliza ferramentas de monitoramento identificando a origem da carne. O problema é que recentes operações do Ibama e da Polícia Federal descobriram que ainda existem “vazamentos” nesse monitoramento, principalmente nos chamados produtores indiretos, que fazem cria ou recria no começo da produção, e hoje não estão tendo qualquer tipo de controle e fiscalização.

A boa notícia é que ferramentas de monitoramento existem. E não servem somente ao proposito ambiental. Mauro Lucio conta que consegue aumentar a produtividade da sua fazenda em até 2,7 vezes e dessa forma melhorar seus lucros em até quatro vezes, fazendo o controle individual dos animais. Dessa forma consegue conciliar o controle ambiental, com a lucratividade de seu negócio, mostrando ser possível conciliar desenvolvimento econômico com sustentabilidade.

Programa debate impacto da operação Carne Fraca no mercado nacional e repercute dados da Radiografia da Carne

O ambientalista, jornalista e ex-diretor da Amigos da Terra – Amazônia Brasileira, Roberto Smeraldi participou nesta quinta-feira (24) do Programa Miriam Leitão, na GloboNews, e comentou a situação do mercado da carne no Brasil após a repercussão da Operação Carne Fraca deflagrada pela Polícia Federal e os problemas de inspeção e rastreamento existentes na cadeia agropecuária. more “Programa debate impacto da operação Carne Fraca no mercado nacional e repercute dados da Radiografia da Carne”

Operação Carne Fraca

Nota à Imprensa

A Operação Carne Fraca deflagada sexta-feira (17) pela Polícia Federal reforça os estudos e atuação da Amigos da Terra – Amazônia Brasileira que desde 2007 tem realizado aprofundadas pesquisas sobre as cadeias da pecuária bovina, inicialmente na Amazônia e depois no Brasil inteiro. more “Operação Carne Fraca”

FSC Friday 2016

FSC Friday: 20 anos dando ao consumidor o poder de salvar as florestas

Hoje, dia 30, acontece no mundo inteiro o FSC Friday, evento que celebra o bom manejo e a conservação das florestas. Durante todo o dia certificadoras, membros do conselho, cooperativas, empresas e parceiros desenvolverão ações para convidar o consumidor a se engajar na luta pelas florestas. O selo existe há 20 anos, mas ainda precisa da ajuda do consumidor final pra continuar existindo e se fortalecer.

more “FSC Friday 2016”

Cadeia Produtiva da Carne

Grupo de Trabalho é criado para discutir o monitoramento da cadeia produtiva da carne no Brasil

Como garantir que a carne que chega até ao consumidor tenha sua origem atestada? Que não tenha feito uso de mão de obra escrava, que respeitou exigências sanitárias e ambientais? Como estimular o produtor a tornar esse processo transparente e participativo? Essas e muitas outras perguntas motivaram o encontro de representantes do setor produtivo, varejo, sociedade civil, pesquisadores e instituições financeiras que aconteceu ontem (26) em São Paulo. more “Cadeia Produtiva da Carne”

Agenda Única da Boa Carne

A Amigos da Terra Amazônia – Brasileira apresenta a página AGENDA ÚNICA DA BOA CARNE, que nasceu do diálogo entre diversos setores da cadeia produtiva da carne, constatando a sinergia entre industria, varejo, academia, órgãos do governo, sociedade civil, entre outros. more “Agenda Única da Boa Carne”